Um novo Presidente da República

A primeira vez em que ouvi falar na possibilidade do Bolsonaro ser Presidente da República foi a uns três anos atrás. Achei improvável que se transformasse em realidade, pois o pouco que eu havia ouvido a seu respeito trazia comentários radicais a respeito de temas delicados e, apesar de ter uma carreira longa na câmara dos deputados, não havia muitos feitos realizados por ele.

De lá pra cá, começamos a observar uma tendência mais conservadora tomando conta do mundo, com a eleição de Trump para a presidência dos Estados Unidos, o Brexit, guerras mundo afora e alguns posicionamentos radicais em relação à refugiados. Isso, somado à onda de revelações relacionadas com a corrupção no Brasil, começaram a desenhar um cenário que mostrou-se muito favorável à eleição de Bolsonaro.

Acompanhando alguns passos no início de sua campanha, notei que seu discurso era um dos mais coerentes e apaziguadores (pois é… os posicionamentos radicais não apareceram, só em outros candidatos…). Depois do atentado que ele sofreu em Juiz de Fora, me pareceu que seu tom pregava mais a paz do que qualquer outro tipo de revolução radical. Provavelmente ele foi muito bem assessorado em relação às seus posicionamentos e declarações.

Eu não tinha um candidato que me representasse na última eleição à Presidência da República. Votei considerando mais uma estratégia pessoal, acessando o plano político de cada um dos candidatos, e refletindo a respeito daquilo que eu achei que seria importante para que o Brasil voltasse a evoluir nos assuntos de economia e, principalmente, educação.

Dia 1 de janeiro de 2019 foi o dia da posse do novo presidente. Vários holofotes votados para ele. Um fortíssimo esquema de segurança. Um presidente recém empossado que não escondia a imensa felicidade de estar vivendo aquele momento. Nas minhas redes sociais, muitos comentários de apoio ao novo Presidente. Também muitos comentários demonstrando oposição.

Mas e agora? O que será do nosso país nos próximos 4 anos? Será que voltaremos a crescer e prosperar ou continuaremos na recessão que tomou conta dos últimos anos? Eu, particularmente imagino que não teremos nenhuma medida radical nesse começo de governo. Depois dependerá muito do que ele conseguir articular politicamente. A equipe de Bolsonaro conta com alguns militares, profissionais de carreira mas conta também com alguns nomes da  velha política, DEM e MDB (esse último sempre dá um jeito de ficar perto de quem está no poder atual). Ele avançará com algumas de suas linhas de campanha, mas sem grandes radicalismos. Há uma tendência de melhoria no cenário econômico, pois há uma tendência internacional de otimismo em relação a este governo. Imagino que será difícil ele tomar decisões que já foram erroneamente tomadas no passado, afinal quem aqui quer o confisco da poupança novamente? (Aliás, alguém sabe do que estou falando?).

Eu citei anteriormente que ele não o candidato que me representa. Isso não quer dizer que farei oposição cega a qualquer de suas medidas. Acho que cabe a mim e a todos os brasileiros, acompanhar seus atos, cobrar para que suas promessas que visam o crescimento do país sejam cumpridas. Quanto a nós mesmos, continuar trabalhando para conquistar os objetivos de forma ética, sem precisar depender de governo algum. Assim, poderemos ter a esperança de viver num país melhor para todos.

 

Obs.: Fiquei decepcionada com seu slogan “O Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.” Estado laico, fazer o quê…

Obs. 2 (08/01/2019): Pelo que deu para observar dos primeiros dias do ano, esse governo será marcado por diversos comentários polêmicos e desnecessários. E esse país precisa tanto crescer novamente. Apertem os cintos e boa sorte para todos nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s